AUTISMO
DISCUSSÕES E COMENTÁRIOS
Inicio | Temas

Plano de trabalho


Data: 9/4/2007 comentário 1/3

UM PLANO DE TRABALHO É IMPORTANTE PARA DESENVOLVER O PROCESSO PEDAGÓGICO COM CRIANÇAS AUTISTAS. ESTAMOS NA ESCOLA DIANTE DESTE GRANDE DESAFIO. BUSCO COLABORAÇÃO NESTE SENTIDO. CRIANÇA COM 08 ANOS CURSANDO O 2º ANO. PORTADORA DE SINDROME DE ASPERGE.


Data: 27/5/2007 comentário 2/3

Acho muito difícil falarmos em plano de trabalho sem falarmos antes das particularidades de cada aluno.

Sou pai de um garoto, 12 anos, com autismo de auto funcionamento.
Atualmente nosso problema é justamente este. Meu filho, está na 5ª série de uma escola regular,acompanha a turma cronológicamente não acompanha em conteúdo.
Nas escola, fica o tempo todo desenhando seus super herois, viajando graficamente nesta fantasia e é resistente para outras atividades oferecidas, ou programadas.

Cognitivamente falando, segundo avaliação da APAE daqui, ele tem um Q.I. acima da média p/ a idade, mas o problema continua do mesmo tamanho, ou seja, o que fazer para nivela-lo com a turma em termos de conteúdo?

Na escola, ele é acompanhado por uma estagiária de pedagogia. Percebemos que nesse aspécto, que o acompanhamento faz muita diferença, pois quando por qualquer motivo falta esse acompanhamento percebemos uma desorganização do meu filho, acompanhada de agitação, ou nervosismo se podemos chamar assim.

Dentro desse tópico "Plano de Trabalho" acho importante considerar a necessidade ou não de acompanhamento individualizado e a partir dai traçar um plano de trabalho.

Mesmo sem um acompanhameno individualizado, acho de vital importância a adoção de um plano de trabalho rígido, e sistemático e reavaliado com frequência tipo semanalmente do lado acadêmico, flexível do lado do aluno, no tocante a momentos específicos.

Nós pais, sentimos falta da comunicação ou de reuniões escola-pais, deficitariamente frequentes, uma vez a o meu filho e toda criança, são as mesmas na escola e em casa, e o que se espera dela, é o mesmo em todos os ambientes sociais de suas vidas.

Eduardo HCS
eduardohcs@ig.com.br



Data: 5/12/2008 comentário 3/3

Será que o mercado de trabalho está preparado para receber pessoas com a sindrome asperge?


Faça o seu comentário

Para validação, copie a palavra AUTISMO, exatamente como está escrita, no campo a seguir:









Esta página foi construída em 19/09/99, última atualização 20/03/2009.
Créditos: Eduardo Henrique Corrêa da Silva